O Arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina está localizado no Caribe Colombiano. Além das ilhas principais, o arquipélago engloba uma série de ilhas bem pequenas, que levam o nome de Cayo ou Cay (algumas são conhecidas em passeios de barco). San Andrés é uma ilha caribenha cada vez mais conhecida pelos brasileiros. Providencia e Santa Catalina são bem menos visitadas, mas igualmente interessantes. As ilhas são uns dos destinos mais baratos no caribe e tudo por lá é simples, bem ao estilo mochileiro. Devido à distância entre as ilhas, muitas pessoas só conhecem San Andrés, a maior e mais acessível das ilhas. Embora o arquipélago fique mais próximo da Nicarágua, Costa Rica e Panamá, as ilhas fazem parte do território da Colômbia, a cerca de 775 km de distância da costa.

Ilha de Santa Catalina, Arquipélago de San Andrés, Colômbia
Ilha de Santa Catalina

O Arquipélago de San Andrés é conhecido por ter o Mar de Sete Cores, pois suas águas cristalinas possuem inúmeros tons de verde e azul. Um espetáculo da natureza. Além disso, no arquipélago está localizada a terceira maior barreira de corais do mundo! Para quem gosta de aventura, o mergulho com cilindro  é imperdível. Para quem gosta mais de sossego, não faltam opções de belíssimas praias e passeios de barco para conhecer as atrações das ilhas.

Cayo Cangrejo, Ilha de Providencia, Colômbia
Cayo Cangrejo, Ilha de Providencia
Ilha de Johnny Cay, Arquipélago de San Andrés
Ilha de Johnny Cay, Arquipélago de San Andrés

A população nativa (islenha) é formada por descendentes de ingleses e escravos. Eles falam um inglês bem diferente do que estamos acostumados, o inglês crioulo. Em todas as ilhas é comum encontrarmos nativos que não falam espanhol facilmente.

Documentos

Para viajar à Colômbia não é necessário visto, muito menos passaporte. É possível viajar somente com a carteira de identidade, mas aqueles carimbinhos no passaporte sempre valem como recordação. 🙂

Para entrar no Arquipélago de San Andrés, é necessário adquirir um bilhete turístico. Normalmente paga-se a taxa no aeroporto de conexão. Você só paga uma vez e pode circular pelas três ilhas com o bilhete. A taxa é de COP 104.700 (cerca de R$115).

Vacinas

Desde 2017, a Colômbia passou a exigir a vacinação contra a Febre Amarela para entrar no país. É preciso se vacinar com 10 dias de antecedência da viagem e levar o certificado internacional. Confira no site da ANVISA como tirar.

Comida Típica

Os frutos do mar são a base da culinária no arquipélago. O prato mais comum é o peixe frito, acompanhado de salada, arroz e patacón. O Patacón é um bolinho frito de banana, típico da Colômbia. Vale experimentar. Também é comum encontrar a Arepa, um pão feito com milho consumido em toda a Colômbia. Normalmente encontramos arepas em lanches, mas também podem servir de acompanhamento nas refeições.

Leia também

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida? Deixe aqui a sua mensagem =)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreve sua mensagem.
Por favor, registre seu nome