Vale da Lua, uma paisagem de outro mundo – Chapada dos Veadeiros

O Vale da Lua da Chapada dos Veadeiros possui uma paisagem diferente de tudo. Existem vários lugares conhecidos como Vale da Lua pelo mundo, mas esse talvez seja um dos mais semelhantes à superfície da lua.

O Vale da Lua é um uma região de solo rochoso localizada na Serra da Boa Vista. Durante milhões de anos, as águas do Rio São Miguel esculpiram as formações rochosas por cerca de 1km e desenharam algo similar às crateras lunares que aqui são denominados caldeirões. A paisagem do vale alterna os tons de cinza das rochas, com o verde da floresta ao redor e das águas cor de esmeralda do Rio São Miguel.

A atração é uma das mais conhecidas da Chapada dos Veadeiros. O acesso se dá pela a Rodovia GO-239 km 29 (estrada entre Alto Paraíso de Goiás e São Jorge), 5km antes de São Jorge. A partir desse ponto são 9km de estrada de terra. O local está aberto de 7h as 17h (consulte antes) e o ingresso custa R$20 (valor de 2016).

O vale rochoso é alcançado por uma caminhada leve com 600 metros de extensão desde a portaria. Não é necessário o acompanhamento de guia. No entanto, a caminhada sobre as rochas demanda atenção. O terreno é irregular e uma queda no rio pode trazer grande perigo.

Vale da Lua na Chapada dos Veadeiros, Goiás

Vale da Lua na Chapada dos Veadeiros, Goiás

O que fazer no Vale da Lua

Algumas cachoeiras e piscinas naturais se formaram no local entre grutas e fendas da rocha. Inicialmente existiam três piscinas onde o banho era permitido, porém quando visitamos só haviam duas.

A atração é pequena e pode ficar com excesso de visitantes dependendo da época. Por isso, é interessante ir em horários alternativos. O local também não demanda muito tempo para visita. Por isso, pode ser combinado com outros passeios no mesmo dia.

Atenção extra no período de chuvas, pois a área está sujeita a inundações repentinas, conhecidas como tromba d’água. Há muitos relatos de acidentes no Vale da Lua. Atualmente um guarda fica de prontidão avaliando o risco e cordas fazem um limite na área segura para banho nas piscinas.

Existem cavernas praticamente desconhecidas que estão escondidas nas rochas. Ouvimos falar do Salão da Lua e do Salão do Buda. O acesso ao primeiro é bem complicado, pois para chegar ao salão, devemos nadar contra a corrente em uma parte repleta de caldeirões e passar por baixo de uma cachoeira. É mais fácil alcançar o Salão da Lua quando o rio está bem vazio, na época da seca.

Salão do Buda no Vale da Lua, Chapada dos Veadeiros

Salão do Buda. Foto: Alex Uchoa

Trilha do Vale da Lua

Powered by Wikiloc

Charlico e Larissa

Juntos há 12 anos, desenvolvemos a paixão por viagem e aventura. Sempre que podemos unimos um ao outro. buscamos realizar o máximo de atividades possíveis em cada viagem. Ele é publicitário e baterista. Ela é veterinária, fotógrafa e entusiasta de yoga.

Você pode gostar...