Visconde de Mauá – Dicas de Viagem

Visconde de Mauá é uma região que abrange os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais e os municípios de Resende-RJ, Itatiaia-RJ e Bocaina de Minas-MG. Está localizada na Serra da Mantiqueira, a aproximadamente 1.200 metros de altitude, em uma área de proteção ambiental que faz divisa com o Parque Nacional de Itatiaia.

Araucárias em Visconde de Mauá

O local apresenta uma paisagem emoldurada por montanhas e vales cortados por rios de águas limpas e transparentes que formam inúmeras cachoeiras e poços. A araucária é a árvore símbolo da região e origina o famoso pinhão, semente utilizada em várias receitas locais.

Visconde de Mauá é composta por três vilas principais e inúmeros vales, sendo o Vale da Santa Clara, Vale do Pavão, Vale das Cruzes e Vale do Alcantilado os mais conhecidos. Quem se hospeda nos vales deve levar em consideração a dificuldade de deslocamento para as principais atrações e vilas.

O Rio Preto separa o estado do Rio de Janeiro de Minas Gerais. Tudo o que está de um lado do rio pertence a Minas Gerais e tudo o que está do outro lado pertence ao Rio de Janeiro. Basta atravessar qualquer ponte sobre o Rio Preto para passar de um estado para o outro.

Rio Preto em Maringá, Visconde de Mauá

Rio Preto

Vila de Visconde de Mauá

A Vila de Visconde de Mauá é a que dá nome à região. Já foi o principal centro comercial do local. Hoje, tem bons restaurantes, infraestrutura hoteleira, mini-shopping de artesanato, lojas e mercado.

Os principais serviços da região como Correios, Posto da Polícia e escolas estão na Vila de Mauá. O Centro Cultural é uma área de eventos que recebe anualmente o Concurso Mauá Gastronômico.

Vila de Maringá

A Vila de Maringá fica no centro da região de Mauá e é a que oferece melhor infraestrutura de hospedagens, restaurantes, bares e serviço de passeios. Cavalos, motos, bicicletas, bugres e jipes estão disponíveis para aluguel.

O Rio Preto divide a vila ao meio, formando as vilas de Maringá-RJ e Maringá-MG. No centro da vila, a ponte de pedestres Tia Sofia faz a conexão entre os estados.

Vila da Maringá em Visconde de Mauá, Minas Gerais

Restaurante na Vila de Maringá em Visconde de Mauá, Rio de Janeiro

Restaurante na Vila de Maringá

Vila da Maromba

A Vila da Maromba foi o principal destino dos hippies nos anos 70 e 80. Os amantes da vida alternativa encontraram na vila a liberdade de expressão em meio à natureza. Muitos que chegaram à vila na época ficaram e mantêm suas atividades. Hoje, a vila possui vários restaurantes e pousadas que oferecem conforto e requinte, avesso à ideologia hippie daquele tempo. Porém, o clima bucólico e a natureza fazem da Vila da Maromba a mais tranquila e pacata das três vilas.

Igreja da Vila da Maromba em Visconde de Mauá

Como chegar a Visconde de Mauá

De carro

Partindo do Rio de Janeiro ou São Paulo deve-se seguir pela Dutra (BR-116) e pegar a saída para Penedo. Para quem vem do Rio de Janeiro, a saída fica após a cidade de Resende. Há uma bifurcação adiante, à esquerda fica o acesso para Penedo e à direita fica o acesso para Mauá (RJ-163). Siga pela RJ-163 por 34 quilômetros até chegar à Vila de Visconde de Mauá.

De ônibus

Partindo do Rio de Janeiro, as empresas Viação Cometa e Cidade do Aço levam a Visconde de Mauá. Saindo de São Paulo, a Viação Cometa faz o trajeto até Resende e, de lá, deve-se pegar outra condução para Mauá.

Quanto tempo ficar

Um fim de semana é suficiente para conhecer as principais atrações da região. Porém, Visconde de Mauá possui tantas cachoeiras que vale a pena voltar outras vezes ou ficar um pouco mais para conhecê-las.

Atrações

A região reserva atividades para todas as idades. Passeios a cavalo, de bicicleta, quadriciclo, trekking, rapel e escalada são algumas das opções. Mas as principais atrações de Visconde de Mauá são as inúmeras cachoeiras de águas cristalinas e geladas. Muitas possuem fácil acesso de carro e outras só são alcançadas após uma boa trilha.

Uma ótima opção para os amantes de trekking é a subida ao Pico da Pedra Selada, montanha mais alta de Mauá, com 1.775 metros de altitude. Seu formato lembra a sela de cavalo, por isso esse nome.

Nota: leve dinheiro de sobra. Em 2015, não havia caixa eletrônico na região e o mais próximo fica em Penedo, a mais de 30km de distância. Além disso, poucos estabelecimentos aceitam cartão.

Leia também




Charlico e Larissa

Juntos há 12 anos, desenvolvemos a paixão por viagem e aventura. Sempre que podemos unimos um ao outro. buscamos realizar o máximo de atividades possíveis em cada viagem. Ele é publicitário e baterista. Ela é veterinária, fotógrafa e entusiasta de yoga.

Você pode gostar...